Blogagem Coletiva - Sentimentos e Emoções - DESEJOS

>> sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Ela olha no relógio novamente. 17h15.
Desde que recebeu o telefonema, as horas parecem não passar.
Tenta terminar o trabalho do dia. Olha o relógio novamente.

Trânsito. Ela se olha no espelho do carro. Passa as mãos no cabelo. Anda um pouco. Liga o rádio, e vai mudando de estações sem quase prestar atenção até que começa a ouvir "Só uma coisa me entristece, o beijo de amor que não roubei, a jura secreta que não fiz, a briga de amor que não causei ...".

Continua ouvindo a música e percebe que andou um bom tanto. Olha o relógio, acelera, pára. Se olha no espelho e pensa que precisa passar mais um pouco de batom.
Anda, olha o relógio novamente e pensa que ainda está dentro do horário. Coração agitado percebe que falta pouco para chegar. Mas o trânsito está um caos.
Vai dar tempo? E se não chegar a tempo e ele for embora. Será? Não, ele vai esperar.

Nunca se encontraram a sós, sempre com amigos ao lado, mas ultimamente seus olhares andavam se encontrando demais.
E hoje, aquele telefonema.
Ela tinha um desejo imenso de encontrá-lo. Precisava vê-lo, para quem sabe, descobrir o que era aquele sentimento que tinha tomado inteiramente o seu corpo, sua mente.

Anda mais um pouco e chega. Desliga o carro, passa um brilho nos lábios, passa a mão no cabelo, fecha o carro e vai em direção ao shopping.
Por que no shopping, se pergunta?

Começa a subir as escadas, olha no relógio e vê que está dentro do horário.
Chega ao andar combinado, coração aos pulos, e começa a procurar.
E se ele não vier?
Então, começa a andar como quem não está nem aí, e procura.

De repente, pára. Se sente observada. Do outro lado está ele, com um olhar tão sedutor, observando-a inteira. Ela se sente nua. Encosta-se-se à parede como a esperar que ele chegue, mas também porque tem medo de não se segurar.
Ele se aproxima, sorri, e meio sem jeito e sem saber o que falar pergunta:
- Olá,.... pegou muito trânsito?
- Sim, responde ela.
- Então, ..... vamos sentar, tomar alguma coisa?
- Vamos sim.
Eles procuram uma mesa, se sentam, se entreolham, se ajeitam.
Sem saber direito o que dizer, colocam as mãos em cima da mesa, ela arruma o porta-guardanapos.
- O que você quer tomar, ele pergunta.
- Não sei. Você vai tomar o que?
- Ah, sei lá. Vou esperar o garçom trazer o cardápio e resolvo.

Silêncio. Se estivessem num local com menos barulho, daria para ouvir a respiração ofegante dos dois. Sem tirar os olhos dela um instante sequer, ele diz:
- Sabe, ontem eu estava vendo um programa na TV (as mãos como que tivessem imãs se encontram) e ........... eu não consigo mais parar de pensar em você, eu penso em você o dia inteiro, eu....
- Eu também, ela diz, apertando mais sua mão.
- Vamos sair daqui, diz ele, levantando-se em seguida e puxando-a da cadeira.



Ela pega a bolsa e o segue. Andam rápidos, passam pelas pessoas, sem enxergar ninguém. Descem as escadas, sorrindo um para o outro, apertando-se as mãos e chegam à porta da saída.

Ele a puxa de encontro ao seu corpo, fita os seu olhos, olha sua boca, seus lábios se aproximam e então trocam o primeiro beijo. Ela sente o coração dele disparado, e ele pergunta:

 - Vamos para outro lugar?
E ela trêmula responde: No meu carro ou no seu?



Vídeo com Elba Ramalho e Marieta Severo
Música de Chico Buarque

Essa postagem faz parte da Blogagem Coletiva - Sentimentos e Emoções, proposta pela Glorinha do blog Café com Bolo. Hoje falaremos sobre Desejos.

beijos

26 comentários:

António Rosa 6 de agosto de 2010 06:32  

Lindo conto. Intenso!

Desejo tudo de bom para você!

Magnífico post.

Parabéns. Abraço.

Nilce 6 de agosto de 2010 07:33  

Que conto, Macá

Achei delicioso de ler. Paixão e desejo se misturam numa das melhores coisas da vida.
Excelente post.
Parabéns!

Nilce

Deia 6 de agosto de 2010 09:29  

Que lindo desejo! E o conto, tão verossímil que parece algo que aconteceu com alguma amiga próxima - ou mesmo conosco! Que esse dois desfrutem de todo o desejo que tinham guardado até aquele instante! Um beijo, Deia.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez 6 de agosto de 2010 09:41  

Que criativo! gostei muito do conto. Cheio de desejo, vc escreveu deliciosamente bem.

Adorei.
Desejo a vc uma boa sexta!

pensandoemfamilia 6 de agosto de 2010 09:43  

Que maravilha! O encontro com a paixão. Quem ainda não passou por momentos como este?
Sua escrita nos delicia.
bjs

Tati Pastorello 6 de agosto de 2010 09:45  

Macá, adorei o conto. Fiquei aqui, ansiosa, esperando o desfecho... Torci pelos dois.
Mas ver Marieta e Elba rolando, numa briga pelo rapaz... impagável!! E não conte para ninguém, mas eu torci pela Marieta! hehehe
Beijos.

Chica 6 de agosto de 2010 10:14  

Muito lindo...Um desejo que se mostrou bem forte!beijos,chica

Isadora 6 de agosto de 2010 10:25  

Macá parabéns pelo maravilhoso conto. Deu para sentir o desejo arrebatador que tomou conta dos dois.
Um beijo

Socorro Melo 6 de agosto de 2010 10:57  

Oi, Macá!

Adorei o conto, arrepiei... hehehe
Nossa, retratou muito bem um desejo ardente, uma paixão forte...
E o vídeo complementou o significado do doce estrago que pode ser uma paixão, hehehe
Parabéns pelo post.

Beijos
Socorro Melo

Telma Maciel 6 de agosto de 2010 11:15  

Que delícia de conto, Macá!
A gente fica assim msm... com certeza! E nem é só no primeiro encontro, dependendo de com quem será. Ai, ai... mto bom!

Lúcia Soares 6 de agosto de 2010 11:28  

Uau! Muito bom mesmo!
Macá, tantas escritoras escondidas pelos blogs, que beleza encontrar mais uma. Parabéns.
Desejo que seus desejos se realizem todos, e que a moça do conto possa ter sido você. Quem sabe?
Beijos!

Glorinha L de Lion 6 de agosto de 2010 12:24  

Eitcha que em breve teremos uma escritora de contos de amor....quanta gente se revelando nesse mundo blogueiro! Que lindo amiga! Bem escrito demais! Vc já escrevia e eu não sabia é?
Tão real...lembrei de mi mesma há muuuuuitos anos atrás...beijos amore!

Lianara **Lia** 6 de agosto de 2010 13:12  

Uauuuuu!!!

Quanta intensidade!
Quanto desejo!
Lindo e inspiador!

Desejo que todos os teus sonhos se realizem!!

Beijos

Lia

Blog Reticências...

Anônimo 6 de agosto de 2010 13:16  

Oi Macá. Gostei muito do conto. Só achei que tem uma coisinha que não está certa. Tenho certeza de que ele disse "Eu não sei como aconteceu, mas eu estou apaixonado por você" antes de dizer que não parava de pensar nela. Eu sei, você inventou a história da sua cabeça, mas tenho certeza que foi assim.
muuuuuuuuuuuuitos beijos

Açuti 6 de agosto de 2010 22:14  

Oiii Macá,

intenso, lindo, maravilhoso...me senti no meu primeiro encontro...ai,ai...boas lembranças!!!

bjksss e tenha um excelente fim de semana.

Sonia Beth 6 de agosto de 2010 22:37  

Arrepiei!!!!! kkkk muito bom!

Beth/Lilás 7 de agosto de 2010 01:01  

Noooossa, Macá!
Senti o desejo daqui! Quer dizer, tesão mesmo. hehe
Muito bom seu texto, passou com realismo o desejo ardente dos amantes.
]Gostei muito.
bjs cariocas

Amica Philosophiae 7 de agosto de 2010 11:22  

Achei muito bom de ler seu ttexto!! deixa um gostinho de quero mais...MUITO BOM!!!
Um abraço!

Bordados e Retalhos 7 de agosto de 2010 14:42  

A gente sente a emoção do casal lendo o seu conto. Linda a sua participação. A paixão e o desejo tomam conta da cena que imagino. Adorei. Bjs

Misturação - Ana Karla 7 de agosto de 2010 15:44  

Macá, penso que passei por aqui ontem mas não consegui deixar mensagem.
Agradeço sua presença no Misturação. Volte outras vezes.
Aproveito também pra dizer que o seu blog além de bonito é muito organizado.
Desde já sua seguidora.
Xeros e bom final de semana.

Manuela Freitas 7 de agosto de 2010 15:45  

Olá amiga,
Fiquei admirada de não estar aqui o meu comentário e fiquei a pensar que talvez tivesse feito algo errado!...
Gostei muito do seu conto e da forma como o escreveu e do presente acrescido, a bonita canção «O meu amor».
Beijinhos,
Manú

Camille 7 de agosto de 2010 23:57  

Que intensidade, e ainda com Marieta Severo cantando- o meu amor, tem um jeito estranho que é so seu!
Amo esta musica. Muito legal essa blogagem coletiva para conhecer pessoas, blogs, escritos e desejos.
Bjos

Luma Rosa 8 de agosto de 2010 13:48  

Wow!! Vai ter continuação? (rs*) Muito bom!!

Nana 9 de agosto de 2010 07:32  

hahahahaha adorei, seu texto está melhor que o meu amiga tá sim
bjss

Cantinho She 29 de dezembro de 2010 22:37  

Adorei Macá, muito bom!
Bjo, bjo!

Related Posts with Thumbnails