Feliz Aniversário Glorinha

>> sábado, 18 de setembro de 2010

Toda vez é isso. Não se acostumou ainda a entrar em cena sem sentir certo tremor.
E hoje mais uma vez, isso está acontecendo. Daqui a pouco vai dar o horário para mais uma Noite de Autógrafos.

Ela se recorda de uns anos atrás, quando tinha tempo para ter 2 blogs e onde tudo tinha começado. Foi um tempo muito difícil.
Sempre gostou de escrever e seu pai a incentivou muito (queria tanto que ele estivesse ali nesse momento, pensou), mas com o casamento, os filhos, uma casa grande para administrar, escrevia, até pensava em fazer disso uma profissão, mas sempre foi adiando, até que, quando começou a publicar seus poemas no blog, a escrever sobre coisas que faziam as pessoas refletirem na vida que estavam vivendo, começou a receber a cada dia, mais incentivo dessas amigas virtuais que foram aumentando, todas orgulhosas por poderem fazer parte daquele mundo e por poderem ler e participar de temas profundos, e assim tomou uma decisão: Iria ser escritora.
Não tinha sido nada fácil. Quando se decidiu, estava passando por uma fase complicada, tinha alguns problemas financeiros o que dificultava, pois não conseguia custear a publicação de uma obra. Mas não esmorecia. Escrevia no blog e paralelamente ia escrevendo para seu primeiro livro.
Enviou para algumas editoras, teve várias respostas negativas, se revoltava, postava no blog que não estava bem para no outro dia ressurgir com toda a garra, como sempre fazia.
Foi mesmo uma época de altos e baixos. Pensou até em desistir, mas esse pensamento passava rápido e ela recomeçava a escrever novamente.
Um dia teve uma grata surpresa. Uma pequena editora de São Paulo se interessou em editar seu primeiro livro. Felicidade total. Apreensão total também!
E agora? Ia ser publicado. E se não vendesse? E se não fosse ninguém no lançamento? Seria um sucesso ou ficaria encalhado nas prateleiras? Suas amigas virtuais comprariam? E se não gostassem?
Eram muitas as dúvidas, mas contrato assinado, agora era esperar pra ver.
Não podia ter sido melhor.
A noite de autógrafos no Rio foi linda, os amigos de lá compareceram em peso, as amigas virtuais compraram e o site da editora começou a receber pedidos. Tímidos no começo, mas com os dias foram aumentando e se pensou então em fazer um lançamento em São Paulo. Ela tinha vindo pra cá com a família, se hospedaram num hotel simples, as amigas da cidade compareceram, algumas com o livro que já tinham comprado para ser autografado e ela saiu do encontro muito feliz.
No ano seguinte lançou o segundo, mas como ela já tinha escrito um sucesso, e também porque a assessoria de imprensa da editora trabalhou bem, o livro caiu no gosto do público e vendeu bem mais que o primeiro.
Com o nome já conhecido se arriscou. Pediu um prazo para a editora, para seus leitores e se afastou.

Agora com a cabeça tranqüila, sem problemas para administrar, ousou e escreveu a trilogia “Um leão em glória”, que estourou em vendas no Brasil, foi publicado em Portugal e já estava sendo traduzido para outros países.

Com isso ela sossegou um pouco alma. Tinha conseguido seu objetivo. Viajou, passou dois meses na Itália e mais três conhecendo outros países.
Quando voltou, disse ao marido: queria poder descansar um pouco, cuidar da casa, dos cães, do jardim. O marido entusiasmado concordou. Tinha achado muito bom ela ter decidido isso.
Mas essa vontade não durou muito tempo.
Os amigos cobravam, o público queria saber mais, os críticos queriam saber sobre o próximo lançamento, os jornalistas queriam entrevistas.

Sabia que seu sossego tinha terminado, mas não reclamou. Assim, tinha se proposto e hoje estava ali, no Copacabana Palace, para o lançamento da sua Biografia.

O que diria a imprensa? Embora já tivesse seu nome reconhecido no meio literário, sempre sentia uma pontinha de insegurança. Mas sua família - os filhos, seus três netinhos e seu marido - estava alí, para lhe dar todo apoio, força e amor de que ela precisava nesse momento.
 
Passou um brilho nos lábios, se olhou no espelho e desceu para o salão.
Foi muito aplaudida, ganhou flores, agradeceu e sentou-se a mesa para o primeiro autógrafo que foi escrito assim:
"Para minha amiga Macá
Mais um em que estamos juntas.
um beijo
Glorinha"
 
Ela ainda não tinha visto, mas na platéia estavam, além dos seus amigos do Rio de Janeiro,
todos os amigos dos blogs do Brasil, que tinham ido ao Rio para homenagear a amiga, além  do Alexandre que aproveitou e tirou férias para vir ao Brasil visitar a família e também o Antonio Rosa, seu novo editor em Portugal.
 
Ela ficaria muito contente, é claro, com a presença de todos, mas seu punho e sua mão iriam doer um pouquinho.
x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.x.
Glórinha, essa é minha pequena homenagem a você, nesse dia tão festivo.
Embora tenha sido um devaneio, espero, sinceramente, que boa parte se concretize e que você alcance o sucesso merecido.
Feliz aniversário minha querida amiga
Felicidades pra você
um beijo carinhoso

15 comentários:

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez 18 de setembro de 2010 06:51  

Macá, que post bonito!
Eu li e me encantei. E vou considerar tudo isso ai uma boa previsão de futuro. Daquelas que dão certo, que a gente fica feliz qdo acontece.

Muito original sua homenagem. E bonita tb!
bom fds e a Glorinha merece esse carinho todo!

Cantinho da Cê 18 de setembro de 2010 07:06  

Eu achei que fosse verdade e que eu havia perdido a festa...mas vou ter a chance de participar...

Cuidado com seus sonhos, eles podem se realizar...

Beijos e bom final de semana Macá!

António Rosa 18 de setembro de 2010 07:34  

macá

Linda homenagem. A minha ficou muito sóbria. Gostei muito.

Beijos.

Astrid Annabelle 18 de setembro de 2010 08:33  

Que os anjos digam amém Macá!
Que idéia bonita. Vou fazer como o Alê...acreditar que assim é!!!
Muito bacana mesmo!
A Glorinha vai amar cada detalhe desa sua homenagem!
Beijo grande
Astrid Annabelle

C@urosa 18 de setembro de 2010 10:17  

"A amizade sempre será primordial na vida e no relacionamento entre os seres" Paz e harmonia e um bom final de semana.

forte abraço

C@urosa

António Rosa 18 de setembro de 2010 10:39  

Macá

Voltei para dizer uma coisa que me esqueci no primeiro comentário: estou me aposentando da edição de livros. Mas quem sabe, suas previsões se confirmem? Quem sabe?

Beijo

António

Tati Pastorello 18 de setembro de 2010 11:27  

Você vai rir se eu disser que chorei? Que visualizei cada cena, que aplaudi profundamente em meu pensamento e disse amém, que assim seja. Que o destino das minhas amigas, Glorinha e Macá, se descortinem. Que vocês cheguem lá, ela como a grande escritora, você, como uma competente e renomada editora.
Parabéns, Macá. Deixou-me emocionada demais, nem sei como Glorinha conseguirá chegar ao final deste texto!
Um beijo.

Beth/Lilás 18 de setembro de 2010 12:36  

Ah, Macá, está ótima sua idéia que servirá de boa vibração para que isto aconteça realmente com ela. Oxalá tudo isso venha a ser verdade, ela está trabalhando duro para isso!
Ela já viu todos os blogs, está de cara inchada que ela me disse, de tanto chorar de alegria e prepara um post em agradecimento a todos.

bjs cariocas

Irene Moreira 18 de setembro de 2010 13:49  

Macá

Que postagem super original que fez nós todos estarmos juntos no sonbho de nossa amiga Glorinha.

Parabéns pelo seu texto, pelo seu enredo e tens tudo de uma boa escritora.

Estou feliz em estar participando com vocês desta festa surpresa.


Beijos

António Rosa 18 de setembro de 2010 14:31  

Macá

Ofereceram ao 'Cova do Urso' o selo «Prémio Blog de Ouro - Eu Admiro este Blog» e escolhi partilhar com alguns blogues que aprecio muito, mas muito.

Esta nota é para informar que o seu blogue está nessa lista. Pode conferir e levar o selinho, clicando aqui.

Porque gosto muito do seu blogue, aqui fica esta minha homenagem.

Abraço,

António
'Cova do Urso'

Nilce 18 de setembro de 2010 14:35  

Oi

Que maravilha de texto, Macá.
Fiquei aqui imaginando todos esses sonhos sendo realizados. E assim será. Ela merece!
Adorei a homenagem e tenho certeza que ela também.

Bjs no coração!

Nilce

Lúcia Soares 18 de setembro de 2010 16:45  

Maca, vim aqui mais cedo, comentei mas deu erro e perdi tudo.
Uma linda história, com um final feliz, que é o mais importante.
Dou forças para que tudo se realize e eu esteja na fila de autógrafos.
Beijo!

Nika 18 de setembro de 2010 21:32  

Macá lindo texto, posso dar as mãos para a Tati, chorei tbm..rsrsrs me emocionei, desejo muito que tudo isso se realize e eu possa participar desta linda festa e conhecer todos vocês de pertinho aposto q a Glorinha amou ..
bjs

Glorinha L de Lion 18 de setembro de 2010 22:35  

Macá, minha amiga do coração! Quase caí dura hj! É emoção demais mulher! E vc ainda fez meus livros! Que os deuses da escrita te ouçam, te leiam e abram seus caminhos pra mim. Quem sabe nós juntas, não conseguimos juntar nosso sonho? Obrigada amiga amada, obrigada mesmo por tanto carinho. Beijo enorme.

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos 19 de setembro de 2010 23:30  

Que belo post!
Adoramos o seu comentário no "Rostinhos Bonitos", ficamos muito orgulhosas, thanks!
Bjs

Related Posts with Thumbnails