Ainda bem que você não veio de sunga

>> terça-feira, 3 de julho de 2012


INVEJAS FEMININAS

O coquetel de lançamento do meu novo livro, "Tudo o que Você Não Queria Saber sobre Sexo", foi no Dia dos Namorados, na Livraria Travessa do Shopping Leblon.
     Já no mês anterior comecei a procurar o vestido para o evento. Comprei um vermelho, mas achei muito simples. Comprei outro, verde, mas achei muito formal. Tentei um lilás, de renda, mas achei muito apagado. Uma aluna da pós-graduação, figurinista de novelas, sabendo da minha ansiedade, deixou na minha casa um lindo vestido vermelho.
     Postei na minha página do Facebook uma pergunta do livro: "O que você mais inveja em um homem?". As mulheres responderam: liberdade, fazer xixi em pé, capacidade de separar sexo e amor, não engordar tão facilmente, não menstruar, não ter TPM, não ter menopausa, não precisar se depilar, não ter celulite.
     Uma amiga escreveu: "Invejo a falta de preocupação deles na hora de sair. Eles não perdem horas para se arrumar ou dias pensando no que vão usar naquele evento especial, se o modelo está na moda, se a cor combina com o tom da pele, os acessórios, se vai ter alguém com o mesmo vestido, em arrumar o cabelo, fazer a maquiagem... Ufa! Que mão de obra!".
     Outra disse: "Invejo a facilidade masculina para se vestir. Um terno e ele está pronto para casamentos, uma camisa mais arrumada e pode ir a festas, jeans e camiseta e está perfeito para sair. E pode repetir a mesma roupa inúmeras vezes. É quase um uniforme".
     Mandei uma mensagem para o coautor do livro, o cartunista Adão Iturrusgarai, que mora na Argentina: "Você também está sofrendo para encontrar o figurino do lançamento?". Ele respondeu: "Nós, homens, somos mais simples. Meu modelito de lançamento será uma sunga".
     O evento começava às 19h. Experimentei todos os vestidos e optei pelo vermelho mais simples. Saí de casa, andei duas quadras e voltei para trocar pelo verde. No banheiro do shopping, troquei o verde pelo vermelho deixado pela figurinista.
     Entrei na livraria bastante insegura. Logo percebi, pelos elogios, que havia feito a escolha certa. Gastei um dia inteiro me produzindo: fiz maquiagem, arrumei o cabelo, fiz as unhas das mãos e dos pés e depilação e experimentei vários vestidos, sandálias, brincos etc.
     Encontro com o Adão: ele veste uma camiseta branca, um jeans surrado e um tênis.
     Suspiro e penso: "Como é muito mais fácil ser homem".
     Disfarço minha inveja e brinco com ele: "Ainda bem que você não veio de sunga".
MIRIAN GOLDENBERG, antropóloga e professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, é autora de "Toda Mulher é Meio Leila Diniz" (Ed. BestBolso)

beijos

10 comentários:

Valéria 3 de julho de 2012 14:22  

Oi Macá!
muito legal esta crônica!
Para os homens é sempre mais fácil mesmo, como eles têm esta facilidade de estarem bem com tão pouco, sem estresse nenhum.Esta é certamente a grande inveja de nós mulheres.rsss
beijinhos e tudo de bom!

Palavras Vagabundas 3 de julho de 2012 17:28  

Tão mais fácil abrir o armário e pegar o que vier pela frente!
Vinte vestido no armário e a gente acha que não tem nada para vestir.
bjs
Jussara

SHEYLA -DMulheres 3 de julho de 2012 19:22  

Macá, é verdade .. Esses homens são tão descomplicados na hora de vestir! Que inveja!! kkkkkk

beijos
Sheyla.

Bel Rech 3 de julho de 2012 21:28  

Quando temos que sair e encaro meu mardo no sofá, com o controle na mão, me desespero, pois já estou pronta e pergunto:-você não vai se vestir? e a resposta vem lentamente...eu fico pronto e menos de cinco minutos e sei que ainda vai voltar para o espelho e perguntar se está bem ou ainda vai trocar de sapato...rsrs
Paz e bem

Luma Rosa 3 de julho de 2012 22:25  

Tenho a ligeira impressão que existe um complô montado pelos homens. Eles combinaram em dizer que a vida deles é descomplicada, mas eu descobri que eles fingem muito bem o tempo todo ;)
Ótima crônica! Mas eu, mesmo sendo mulher, não sofro ao escolher uma roupa.
Boa semana!! Beijus,

Beth/Lilás 5 de julho de 2012 12:50  

Macá,
Sou como a Luma, não sofro pra escolher roupa e saio sempre antes do marido que, ele sim, nunca sabe o que botar.
Mas, eu sempre achei mesmo mais fácil vestir um menino do que menina, são muitos itens de acessórios que usamos, né mesmo. Legal a crônica!
bjs cariocas

nany 14 de julho de 2012 17:39  

pois é homens tem todos esses privilégios mesmos...mais com toda nossa batalha de arrumação eu amo ser mulher...
as mulheres tem muitas vantagens também!!!
megaa beijo

Sandra Portugal 14 de julho de 2012 18:43  

Parabéns pelo excelente trabalho no Concurso Literário!
Uma grandiosidade
bjs Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com.br//

pensandoemfamilia 18 de julho de 2012 09:36  

Oi querida
Saudades
Realmente, a simplicidade do homem na escolha do que vestir é algo que nós mulheres não temos. Mas eles não são tão descomplicados como parecem.
Não tenho muita dificuldade nas escolhas do que vestir, mas tenho às vezes com o que comprar para um evento especial, principalmente quando não conheço os participantes e/ou convidados.
bjs

pensandoemfamilia 18 de julho de 2012 09:38  

Oi querida
Saudades
Realmente, a simplicidade do homem na escolha do que vestir é algo que nós mulheres não temos. Mas eles não são tão descomplicados como parecem.
Não tenho muita dificuldade nas escolhas do que vestir, mas tenho às vezes com o que comprar para um evento especial, principalmente quando não conheço os participantes e/ou convidados.
bjs

Related Posts with Thumbnails